PUBG Mobile: Mais de 59 milhões de contas foram banidas em 2021

Divulgação/PUBG Corp

Periodicamente, as empresas responsáveis pelo PUBG Mobile revelam a quantidade de banidos pelo sistema antitrapaça do battle royale. Assim, segundo a Krafton e a Tencent, 59.851.589 milhões de contas foram suspensas durante todo o ano de 2021.

“Grande parte desses banimentos foram realizados graças à comunidade, que ajudou denunciando e participando, sendo um investigador do game”, disse as desenvolvedoras em comunicado.

Veja abaixo os principais motivos de banimento no segundo semestre de 2021, quando 22 milhões de contas foram punidas.

  • Modificação do modelo do personagem (24%)
  • Hacks de mira automática (17%)
  • Hacks de visão de raio X (16%)
  • Hacks de velocidade (14%)
  • Outros motivos (13%)
  • Modificação de dano de área (11%)

A Krafton e a Tencent, no ano passado, ainda ganharam uma ação judicial contra um grupo de hackers, que precisarão pagar US$ 10 milhões às desenvolvedoras.

“Essa quantia será revertida em melhorias para o jogo e estudos para acabar com as trapaças. Os réus são ainda condenados a cessar futuras atividades ilegais envolvendo trapaça em jogos, bem como fornecer detalhes sobre como exploraram o PUBG Mobile e sobre quaisquer colaboradores”, informou as empresas.

O PUBG Mobile passou a contar, também no ano passado, com uma nova medida antitrapaça: o recurso de proibição de dispositivo. Assim, a punição acontece no celular ou tablet do jogador, que não pode mais criar nenhuma conta a partir do aparelho.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.