Rioter deseja VALORANT com 30 agentes antes de ter sistema de bans

Como VALORANT é um FPS no qual os jogadores controlam personagens, muitos se perguntam se no futuro terá algum sistema de pick/ban de agentes. O game designer Nicholas Wu Smith revelou que deseja ver o jogo com 30 agentes antes dessa funcionalidade ser discutida.

+ Olofmeister faz teste para o time de VALORANT da Fnatic, diz site
+ VALORANT Challengers: Gamelanders lidera audiência da 1ª fase da Etapa 2
+ Buff “secreto” em Yoru é revelado por Rioter

O Rioter opinou sobre o assunto em uma das costumeiras lives que realiza. Lá, Nicholas Wu foi questionado por um fã do jogo: “A partir de quantos agentes você acredita que bans são viáveis?”. O game designer respondeu que “talvez perto de 30. No ritmo atual, isso poderia nos dar mais de três a quatro anos antes que o sistema fosse considerado”.

Contudo, o Rioter deixou claro que a chegada de pick/ban depende realmente “de conseguirmos extrair o máximo de uma boa competição com os bans em relação a outros jogos”. O game designer ainda fez um questionamento: “Outros jogos possuem bans, mas realmente é o melhor?”.

Utilizando a estrela da Sentinels TenZ, o Rioter deu um exemplo do quanto o sistema pode impactar no jogo. “É melhor ver o TenZ de Jett com mais frequência ou é melhor nunca mais vermos porque ele sempre é banido contra aquele time?”, disse.

A verdade é que este é um assunto que ainda será bastante discutido, não só por aqueles que desenvolvem o jogo, mas também pelos jogadores. Mas e você, quer ver pick/ban no VALORANT? Deixe o seu comentário!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias