Apenas 2 dias após lançamento do beta, VALORANT já conta com trapaças

Não é surpresa para ninguém que jogos de FPS possuem muitos trapaceiros, os famosos cheaters. Obviamente, VALORANT, novo game da Riot Games, não estaria imune a essa tendência. No entanto, o que é espantoso é que já exista programas de trapaça com apenas dois dias do lançamento oficial do beta. O jogo, inclusive, encontra-se em versão fechada, ou seja, restrita para apenas alguns jogadores.

A bomba foi trazida a público pelo ex-jogador profissional de Call of Duty ‘phantasy’, através de seu perfil no Twitter. No vídeo postado por ele, é possível ver claramente o uso de ‘aimlock’, programa que auxilia o jogador a mirar em seus adversários. Sem pudor algum, o trapaceiro mata diversos inimigos através da parede de maneira certeira.

Poucos minutos após o tweet, Matt Paoletti, um dos responsáveis pelo setor de anti-cheat da Riot, respondeu à ‘phantasy’. Ele agradeceu o vídeo e afirmou que a empresa já está investigando o caso. Paoletti também disse que a “melhor maneira de denunciar atividades suspeitas é através da ferramenta de denúncia dentro do jogo”.

VALORANT chegará em versão beta fechado ao Brasil no dia 5 de maio. Em sua estreia na Europa e na América do Norte, o game bateu recordes de visualizações na Twitch, alcançando a marca de quase 2 milhões de espectadores simultâneos.

Atualização: através de seu Twitter pessoal, Paul Chamberlain, chefe da divisão anti-cheat de VALORANT, confirmou o banimento do jogador em questão. Em seguida, ele afirmou que haverão mais punições em breve e lamentou que “a briga” contra os cheaters tenha começado tão cedo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias