VALORANT: Rioter responde aos pedidos de nerfs em Frenzy e Stinger

Depois da comunidade solicitar nerfs na precisão de armas ao “correr e atirar”, a Riot Games finalmente deu uma resposta quanto à isso na última atualização, a 2.02. Contudo, outras armas que possuem os mesmos problemas acabaram ficando de canto.

+ VALORANT: Próximo agente mudará “os padrões de jogo”, afirma rioter
+ VALORANT: Shroud revela bug que permite ver inimigos pelo mapa

Com um novo meta, onde as equipes estão cada vez mais trazendo Frenzy em rounds de pistola e Stinger em situações de economia desfavorável, esses armamentos têm ganhado bastante importância em partidas competitivas.

No entanto, isso também trouxe algumas indignações por parte de alguns jogadores profissionais, como nos casos de Nicholas “nitr0” Cannella, da 100 Thieves e Melanie “meL” Capone, da Cloud9 White. Através do Twitter, ambos os jogadores citaram que os tiros dessas armas são “decididas no coinflip”, ou seja, há uma aleatoriedade nos disparos.

Durante uma live, Nicolas Wu Smith, responsável pelo conteúdo premium e equilíbrio de armas de VALORANT, planejou um nerf no alcance de tiros para o Stinger no próximo patch, enquanto respondia perguntas no chat da Twitch.

“O alcance é algo que eu espero ter sintonizado corretamente para o Stinger. Veremos isso na próxima atualização. Estou animado para ouvir a opinião de todos sobre isso”, contou Nicolas.

No entanto, o rioter contou que “não havia planos” para ajustar a precisão de execução das submetralhadoras (SMGs), já que foram projetadas para serem boas para correr e atirar.

“De modo geral, as SMGs e a Frenzy serão melhores na corrida do que outras armas”, revelou Wu. “Se eles são muito eficazes agora é algo que ainda estou procurando e tentando entender. É um equilíbrio difícil quando essas armas se destinam a ser bastante eficazes naquela coisa específica que frustra as pessoas”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias