CS:GO: Após fim da equipe, HenryG deixa a Cloud9

Contratado em setembro do ano passado pela Cloud9 com a missão de reconstruir a equipe de Counter-Strike, HenryG anunciou nessa segunda-feira (5) que não faz mais parte da organização.

+ Com grupos definidos, MGR Cup agita o cenário emergente
+ Olofmeister faz teste para o time de VALORANT da Fnatic, diz site
+ Após áudio vazado, cinco jogadores são suspensos pela ESEA

A saída do até então general manager acontece duas semanas após a organização anunciar que está deixando de investir no FPS da Valve temporariamente, e com isso, dar fim a equipe que vinha representando a tag.

Sob as orientações de HenryG, Cloud9 fez um pesado investimento nas contratações de grandes nomes como o britânico Alex “⁠ALEX⁠” McMeekin e as promessas dinamarquesa Patrick “⁠es3tag⁠” Hansen e norte-americana Erick “⁠Xeppaa⁠” Bach, este último vindo a assinar com a organização no início do ano para ser o substituto de Özgür “⁠woxic⁠” Eker.

No período em que voltou a competir no CS, Cloud9 não conseguiu nenhum resultado expressivo. A equipe amargou resultados abaixo do esperado na DreamHack Masters Spring 2021, na ESL Pro League Season 13 e em outros torneios.

Além disso, por conta das diversas restrições de viagens, muitas equipes norte-americanas estão ficando longos períodos na Europa, o que acarreta em um aumento no custo das operações. Jack Etienne, CEO da C9, afirmou que isso também foi um fator determinante para a saída do cenário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img