“Modo Confiável é uma barreira mínima para os cheats”, diz Valve

Os cheats são um dos piores inimigos do CS:GO. Há muito tempo, os jogadores reclamam da ineficiência do Valve Anti-Cheat System (VAC) e muitas plataformas de matchmaking contam com seu próprio sistema de proteção para contornar este grande problema.

Entretanto, o recente lançamento do Modo Confiável deu uma nova esperança aos jogadores. A nova opção de inicialização prometia endurecer o combate aos cheaters, restringindo severamente os tipos de programas que podem interagir com o CS:GO.

Porém, um FAQ lançado recentemente, para tirar dúvidas sobre o modo, parece ter dado um banho de água fria nos players. Isso porque, em uma das perguntas, a desenvolvedora responde que o “Modo Confiável é uma barreira mínima para o desenvolvimento de cheats”. A afirmação vai ao encontro do que desenvolvedores de trapaças disseram semana passada, que o modo está cinco anos atrasado (veja aqui a matéria).

“O Modo Confiável é uma barreira mínima para o desenvolvimento de cheats. No entanto, esperamos que os cheats sejam detectados mais rapidamente. O objetivo do Modo Confiável é criar uma barreira que não pode ser ultrapassada acidentalmente e identificar facilmente qualquer aplicativo que o faça”, diz a Valve.

Ainda assim, a empresa tem esperanças que a solução ao menos atrapalhe os trapaceiros. Isso porque ela espera que os cheaters não irão jogar com o Modo Confiável ligado, o que irá afetar de maneira negativa o seu Fator de Confiança. “Esperamos que alguns trapaceiros simplesmente executem [o jogo] no modo normal e evitem uma punição por injetarem softwares no game. Entretanto, com o passar do tempo, também esperamos que eles tenham o Fator de Confiança significativamente reduzido, porque seu padrão de injeção de software será associado à trapaça”, afirmou a Valve.

Problemas de performance

Além de mencionar as questões relativas às trapaças, a desenvolvedora também comentou sobre as performances de alguns computadores terem caído com a atualização. Segundo ela, alguns softwares tentam fazer injeções constantes no CS:GO mesmo com o jogo impedindo, e isso ocasiona em problemas de performance e até no famoso “crash”, quando o jogo é finalizado de maneira abrupta.

Como solução, a empresa está estudando uma técnica que impeça essas injeções de uma maneira segura e que não afete a performance. “Uma vez que a solução estiver no ar, os usuários não irão ter mais falhas no jogo”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias