CS:GO: O que podemos esperar das equipes para a 2ª edição do CLUTCH?

Amanhã (10) começa a segunda edição do CLUTCH Circuit, trazendo muitas novidades em relação à anterior. Além de mudanças no formato, esta temporada também terá dois times a mais, totalizando oito equipes.

Bravos, Alma, Soberano e Vivo Keyd estreantes na competição

O maior número de times nesta segunda edição permitiu a qualificação de novas organizações, sendo a Bravos uma delas. A organização adquiriu a lineup que pertencia à Rufus e conseguiu sua vaga através do Circuito da Dell.

O elenco da Bravos pode ser uma das grandes surpresas desta edição, pois é um dos times mais promissores do cenário nacional e vem empolgado pela classificação.

Atual time da Bravos na GamersClub Masters (Foto: Draft5)

A Alma também é estreante e foi através do classificatório fechado que a equipe conquistou vaga para a nova temporada. Já o time da Soberano, conta com alguns nomes conhecidos como tge e BALEROSTYLE e igualmente conquistou seu espaço no qualificatório fechado.

Já a Vivo Keyd não é nenhuma novidade no CLUTCH, porém os jogadores que participaram na edição anterior não são os mesmos. A organização se reestruturou totalmente ao adquirir a lineup da Falkol, que conquistou vaga através do classificatório fechado.

DETONA, Red Canids, W7M e Isurus se mantém

Os outros quatro participantes são times que permanecem da primeira edição. A DETONA fez uma alteração no elenco em relação à edição anterior, que foi a entrada de fp1 no lugar de prt. O time liderado por tiburci0 ficou em penúltimo lugar na fase regular da primeira temporada, com onze pontos alcançados.

Entretanto, dessa vez, a DETONA é um dos times favoritos a vencer esta edição, já que a ausência da paiN, que foi para o exterior, pode ajudar os Pitbulls a fazer uma melhor campanha.

Detona ao vencer a Omen Atlantic Challenge, em Portugal (Foto: Divulgação/OMEN)

O time da RED Canids também fez mudanças no elenco, retirando pesadelo e colocando em seu lugar o experiente DeStiNy. Os lobos ficaram em primeiro na primeira fase da competição na edição anterior, com 16 pontos conquistados. Isso após um primeiro turno bem ruim, no qual terminaram em último, com apenas 3 pontos.

Na fase final da competição, o time capitaneado por nak enfrentou a paiN na decisão e acabou perdendo por dois mapas a zero. Ainda assim, a Matilha é a favorita a suceder a paiN como campeã da segunda edição. Recentemente, a equipe fez uma boa campanha no qualificatório fechado da WESG, superando W7M e Team oNe para conquistar vaga nas finais regionais.

A W7M, por sua vez, acabou por não ir tão bem na primeira edição, tendo ficado em último com apenas onze pontos alcançados. Para esta temporada, o time fez alterações importantes ao quinteto titular, retirando rood e ryotzz e colocando em seus lugares skullz e ableJ, respetivamente.

Assim, a W7M também tem grandes chances de ir longe, pois vem em uma crescente depois das mudanças, tendo superado a RED Canids e a Vivo Keyd no classificatório aberto do Minor das Américas.

Pancc, jovem jogador da W7M, que promete ser uma das estrelas desta edição (Foto: Flickr/CLUTCH)

Por último, o time da Isurus também se mantém para a segunda edição do CLUTCH Circuit. Do quinteto que competiu na temporada passada, apenas 1962, reversive e Noktse permanecem, tendo sido adicionados L!nkz^ e decov9jse. Na edição anterior, a Isurus conquistou doze pontos, ficando assim na quarta colocação.

Ainda antes da última alteração, a Isurus disputou a GamersClub Masters IV, vencendo a favorita RED Canids e a Rufus. Porém, foi eliminada pela DETONA numa série muito acirrada, em que foram disputados os três mapas.

O atual elenco da Isurus ainda não estreou oficialmente em 2020, mas promete fazer uma boa campanha no CLUTCH, mesmo não sendo um dos favoritos.

paiN sem chance de revalidar seu título

A vencedora da primeira edição não terá a oportunidade de voltar para conquistar o título. Isso porque a paiN anunciou mudança para o Canadá e, desta forma, não participará da segunda edição.

Concluindo, esta edição do CLUTCH Circuit está com todos os ingredientes para que seja ainda melhor que a anterior, juntando os melhores times e jogadores do Brasil.

 

Já conhece a Stattrak?

A Stattrak é um fantasy game para esportes eletrônicos onde você pode montar seu time com jogadores profissionais, pontuar e ganhar diversos prêmios!

Clique aqui e venha conhecer a Stattrak!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias