CS:GO: “O cara quer provocar o time no meio do treino”, diz Apoka

Após a conquista da Gamers Club Masters V neste domingo, Alessandro “Apoka” Marcucci comentou sobre as provocações que sua equipe sofreu durante o campeonato. Além disso, o coach da BOOM também falou sobre os treinos dentro e fora do país.

A BOOM tem sido dominante no cenário nacional, mas nem por isso deixou de sofrer com provocações dos oponentes. Nesta segunda-feira (3), em live, Apoka citou uma fala de um dos jogadores da Vivo Keyd após a vitória no primeiro dia de competição.

“A gente perdeu uma MD1 e o cara da Keyd falou que esperava que fosse 16 a 5 e que estava triste por ter ganho de 16 a 13. Sabe o que ele conseguiu? A gente não vai mais treinar com eles”, disse o coach.

+ VALORANT: Modo Deathmatch chegará junto do Ato 2; confira como será
+ Rainbow Six: classificados para os Six Majors regionais são definidos

Treinos no Brasil e nos EUA

Na coletiva de imprensa pós-título, Apoka comentou que as rivalidades têm atrapalhando até os treinamentos. “Você vai treinar e o cara quer provocar o time no meio do treino. Essa parte tem que ser mais séria”, afirmou o coach.

Além das provocações, ele falou sobre a falta de seriedade em alguns momentos dos treinos, citando até a própria BOOM. “Nosso time às vezes sai do controle. Então, assumindo a nossa culpa, acredito que o cenário pode dar um ‘renew’ e partimos para um ponto maior”, comentou Apoka.

Em seguida, o coach contou sobre a sua experiência com os treinos fora do país e que ele valorizava muito a prática contra equipes como Liquid, SK e NRG. Entretanto, os treinos com times internacionais também não estavam imunes a brincadeiras.

Assim, Apoka comentou o que fazia quando o time começava a não levar mais a sério o jogo: “O que a gente fazia? Continuava centrado e tentando jogar, porque a gente precisava deles para evoluir. Acabou o treino, no próximo dia os caras vão pedir para marcar de novo. Se os cara trollarem e a gente trollar também, começa uma inimizade indireta e eles vão falar ‘nem treina com esses caras'”.

O coach da BOOM ainda disse que a equipe tenta sempre manter a seriedade, mas que às vezes a perda de foco acontece. Por fim, ele pediu que quem treinasse contra a BOOM e sentisse que houve trollagem durante a prática, que mandasse mensagem para ele falando sobre o ocorrido.

3 COMENTÁRIOS

  1. SK ? NRG ? nossa mano que isso já tem mais de ano que esses times ou não existem ou venderam os jogadores pra outra organização, pelo menos corrige isso aí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias