R6: “Os brasileiros estão mostrando seu devido valor”, afirma psk1 sobre domínio no Six Invitational

A Team Liquid garantiu um resultado importante, tanto para si quanto para o Brasil, no Six Invitational de 2021. Após vencer a Team Empire, da Rússia, nesta sexta-feira (21), Paulo “psk1” Lourenço conversou com o The Clutch Esports sobre a revanche contra os europeus e o embate brasileiro contra a FaZe Clan.

+ Six Invitational: NiP e MIBR decidirão vaga na Final; FURIA e One se despedem
+ R6: “Foi como se tivéssemos ganhado o Invitational”, conta TchubZ após eliminar a SSG
+ R6: Veja os drops disponíveis no Six Invitational 2021 e como resgatá-los

Dois anos depois, as equipes voltavam a se enfrentar em um playoff de Six Invitational. Apesar de psk1 não ter disputado aquele embate, o grupo, no entanto, queria sua vingança contra a “máquina russa”.

“Antes do jogo começar, o Sexycake falou: ‘no último Invitational, foi essa mesma partida e nesse mesmo momento contra a Empire, então vamos lá e ganhar’. Então, houve sim esse gostinho de revanche”, revelou o jogador da Cavalaria.

A respeito da quantidade de brasileiros remanescentes nesta reta final de torneio, Paulo afirma que o cenário latino-americano (LATAM) ascendeu perante as demais regiões.

“Isso é como um despertar que a região LATAM teve nos últimos anos de Invitational, e também passando em cima de muita gente criticando nossa região, não tendo tanta visibilidade quanto Europa ou América do Norte. Os brasileiros entraram com essa mentalidade, acordaram e estão mostrando seu devido valor”, cravou Psk1.

Sobre o embate contra a FaZe Clan, principal rival da Team Liquid no Brasil, o jogador prevê um jogo bastante disputado, assim como vem sendo nos últimos anos.

“Acredito que será uma partida disputada, pois ambos os times se conhecem muito bem, sabem como jogar e quando acontece isso, é sempre muito disputado. Ou algum time consegue montar um ‘counter’ para o outro e será disputado ou um atropelo”, afirmou psk1.

Por fim, psk1 afirma que enfrentar equipes de uma mesma região é mais difícil e destaca a boa adaptação dos atletas brasileiros em torneios internacionais.

“É muito mais difícil enfrentar os times da mesma região. Porque, como eu disse, as equipes se conhecem muito bem, se enfrentam muito, então é difícil montar algo, montar um estilo ou jogar diferente, e o brasileiro consegue se adaptar muito bem, daí fica difícil jogar contra nós”, contou.

A Team Liquid encara a FaZe Clan ainda hoje, às 15h, valendo a permanência no Six Invitational. O jogo terá transmissão nos canais oficial do Rainbow Six Esports Brasil no YouTube e na Twitch.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui