VALORANT: Por injúria racial contra brasileiro, jogadora da Australs é multada

Destaque da Australs na seletiva para o Women’s Community Festival, Keila “Kalita” Nava foi multada pela organização por ter cometido injúria racial contra um brasileiro em uma partida ranqueada. No episódio ocorrido no domingo (21), a jogadora disse para o integrante da Black Dragons Leonardo “leozin” Rodrigues: “Frenzy para macacos como você”.

+ VALORANT: Rioters revelam teste no Disparada com 7vs7 e modo 3vs3
+ VALORANT: Cinco canais que podem te ajudar a evoluir no FPS
+ VCB: FURIA e Team Vikings garantem vaga na Masters regional

O atleta em questão fez um relato sobre o ocorrido nas redes sociais, inclusive marcando o perfil brasileiro da Riot Games. A injúria agitou a comunidade no geral. Também pelo Twitter, a jogadora disse que não sabia não sabia que a palavra macaco era discriminatória e pediu desculpas ao leozin.

“Lembro que no 1.6 ‘macaco’ referia-se a isso e não a discriminação. De qualquer forma, não sei como essa palavra passou a ser sinônimo de discriminação. Eu não tinha ideia porque eu me distanciei totalmente de jogos quando era adolescente”, afirmou a jogadora.

https://twitter.com/Kalitafps/status/1363390709722677250

A Australs emitiu um comunicado se posicionando sobre o ocorrido, dizendo que “é uma organização que repudia qualquer tipo de racismo e que, desde o primeiro dia, enfatizamos aos nossos jogadores e staff que o importante é demonstrar respeito dentro e fora do servidor”.

Apesar da multa aplicada, o clube deu um voto de confiança à Kalita, mas deixou claro que se a atleta repetir a atitude “deixará o clube de forma imediata”.

spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui